Monthly Archives: Julho 2018

MAURICIO GAIOTI TORNA-SE CONSELHEIRO INTERNACIONAL DO GRUPO CARAÍVE

Nesta semana, o internacionalista Mauricio Gaioti tornou-se conselheiro internacional de nossa organização. Gaioti, que possui uma carreira de destaque no setor de mineração e grande envolvimento com os negócios entre os BRICS, é um profissional essencial nos atuais cenários econômicos interno e internacional, impulsionando no sentido de ampliação de parcerias comerciais alternativas. Há cinco dias, …

HOUVE CRESCIMENTO DE IED NA AMÉRICA LATINA, SEGUNDO UNCTAD

De acordo com o “World Investment Report 2018 – Investments and New Industrial Policies -, produzido pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), houve crescimento no fluxo de investimento estrangeiro direto (IED) na América Latina, em 2017. Os investimentos corresponderam a US$ 151 bilhões de dólares na região, o que representa aumento …

INTERNATIONAL ENERGY AGENCY PUBLICA RELATÓRIO SOBRE INVESTIMENTOS EM ENERGIA NO MUNDO

  A International Energy Agency – organização internacional ligada à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico – publicou o relatório, de 2018, sobre os investimentos em energia no mundo. De acordo com o documento, houve uma pausa nos investimentos em energia limpa, os quais vinham crescendo por anos. Por sua vez, os investimentos em …

ANTAQ APROVA RESOLUÇÃO SOBRE TRANSPORTES DE CARGAS NA NAVEGAÇÃO INTERIOR

Segundo informações da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), publicadas no dia 9 de julho, houve aprovação, pela Diretoria Colegiada, da Resolução nº 24, voltada a regulamentar os acordos operacionais entre Empresas Brasileiras de Navegação em transportes de cargas por navegação interior, interestadual ou internacional. A Resolução trata de acordos operacionais entre empresas brasileiras e …

RELATÓRIO ANUAL DA CEPAL SOBRE INVESTIMENTO É PUBLICADO

Foi publicado ontem, dia 5 de julho, o relatório anual da Comissão Econômica para a América Latina e Caribe das Nações Unidas (CEPAL) sobre investimentos diretos na região. Segundo o documento, houve, pelo terceiro ano consecutivo, queda no volume de investimentos diretos. Segundo análise, a queda se explica pelos menores preços dos produtos básicos de …